Como mudar a sua vida

Como mudar a sua vida

A sua situação de vida atual não é definitiva. 

Você pode mudar a maneira como vive, como trabalha, como se relaciona com você mesma(o), com os outros, com o mundo. Tendo isso em mente, conheça 4 dicas que irão facilitar esse processo, mas lembre-se de colocar em prática!

Como mudar a sua Vida?

Desapegue do determinismo.

O apego ao determinismo, à crença de que não adianta fazer nada, que não faz diferença, inviabiliza o processo de mudança para melhor, mas fortalece bastante a mudança contínua para pior.

No  íntimo, você sabe que as suas escolhas pesam, e muito, em sua vida. Talvez o grande desafio esteja neste ponto: assumir a responsabilidade pela sua situação atual, senão total (não controlamos todas as variáveis), pelo menos parcela significativa dela.

Não tema o fracasso!

Falhamos mesmo,  isso é normal, mas aprendemos muito mais a partir desses erros e insucessos. Desde que usemos – os danados – como fontes importantes de informações para promover adaptações, correções em nossas experiências de vida. Não como algo a esconder, como fatos que despertam vergonha, que nos depreciam, fonte de culpa e flagelação.

 

Nada disso! Eles apenas sentenciam uma coisa: você é humano! 

Você está sujeito a erros, falhas ou enganos, querendo ou não, mas também é habilitado para aprender e mudar enquanto estiver vivo! E mais, pode se divertir no processo!

Aprenda com a sua situação!

Para aprender com o que aconteceu até aqui e mudar gradualmente os próximos passos, você precisa ater-se aos fatos, analisar com clareza a situação.

Como você chegou a este ponto?
Quais foram os acontecimentos?
Quais caminhos você escolheu percorrer ou evitar?
Aonde você queria chegar?

Mude a maneira como  interpreta essas informações. Dê um novo significado. Transforme obstáculos, dificuldades, fraquezas, em oportunidades para pensar diferente, buscar novas respostas mais criativas, que possam ser aproveitadas em outros momentos.

O sucesso, seja na área que for, do tamanho que for, não vem por acaso,  por sorte, não! Ele é construído por meio do aprendizado contínuo, com um objetivo específico, e da colocação em prática deste aprendizado. Afinal de que adianta o “saber” sem a ação?

Deixe ir!

Aprender e mudar para melhor é um processo que envolve o deixar ir, o libertar-se de muito conteúdo referente a medo, julgamento, que fomos acumulando ao longo dos anos. Somos muito apegados às nossas memórias, principalmente as mais doloridas, carregamos um peso extra de sofrimentos e expectativas negativas para todos os lugares onde vamos.

Não vai acontecer da noite para o dia. Mas se você começar, se dedicar, perseverar, vai conseguir formar novos e melhores arquivos que promoverão significados inovadores para os acontecimentos.

Interpretar de uma nova forma, sob uma nova perspectiva, mais positiva a sua realidade (sua mesmo, ninguém a vê como você), vai começar a se tornar um hábito.

Aprenda e deixe ir!  Você ficará mais leve, e mais propenso a se arriscar, a tentar outras possibilidades que te ajudem na construção da sua nova e desejada realidade.

******* Gravei um PodCast em que compartilho uma experiência pessoal, se quiser conferir:

Quem sou!

Um ser que gosta muito do humano, que busca aprofundar conhecimentos em áreas estratégicas e que tem força para mexer com gente: Psicologia, Comunicação, Marketing, Coaching.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?