Como aumentar o seu nível de felicidade

Como aumentar o seu nível de felicidade

Por que fazemos o que fazemos? Não tenha dúvida, todos os nossos comportamentos têm uma função. No fundo, todos buscam satisfazer alguma carência, mesmo que não tenhamos a consciência de qual delas se trata, daí a importância do autoconhecimento. Mas se você quer – já – começar a aumentar o seu escore de felicidade experimente praticar o que sugiro a seguir: 

Como aumentar o seu nível de felicidade?

Reclame menos!

Você gosta de ficar perto de pessoas que estão sempre reclamando?

Ou você é do tipo que entra no clima e transforma a conversa em uma verdadeira competição: quem é mais infeliz?

Que resultados a prática constante da reclamação costuma trazer para você? A piedade alheia, a comiseração, a atenção momentânea? É isso mesmo que você quer receber das pessoas? Se for, siga em frente com a lamúria, mas saiba que com o tempo os outros irão se afastar.

Se não for, saia da reclamação e entre em ação! Você já deve ter visto essa frase por aí, colocou em prática? A energia, a atenção que você consome reclamando será melhor aproveitada na construção de novos resultados se você optar por agir.

Ahhhhh, mas eu não sei o que fazer….

O que você quer? O que você precisa para conseguir o que deseja? O que você já tem para começar? Qual o primeiro passo?

Implique menos!

Já aconteceu com você isso: sua criança interna toma conta do pedaço e bate o pé, embirra mesmo, com um projeto, uma ideia, uma pessoa que você julga estar errada, ou te desvalorizando?

Você costuma levar tudo para o lado pessoal?

Felizmente não somos o centro do universo, e temos sim valor individual, mas ele precisa ser exteriorizado para ser reconhecido e somado na construção coletiva de resultados.

Quer ser respeitado, ouvido, solicitado? Simplifique, descomplique, facilite a convivência, a troca com os outros, com o mundo. Ouça, dê atenção, respeite o diferente, você também é distinto! Ou você acha que tem alguém exatamente igual a você entre os quase 8 bilhões de terrestres?

Aprenda Mais!

Todos temos a capacidade vitalícia de aprender.

Aprenda sobre você, sobre o mundo… Somos curiosos, nosso cérebro é mega preparado para se transformar continuamente e gosta disso, fica mais saudável, malhado!

Oxigene continuamente o seu sistema, faça inputs de qualidade, estude. Expanda o seu horizonte de conhecimentos, habilidades, competências. Você vai conquistar mais liberdade de ação, vai entender melhor a si mesmo, ao outro, as coisas. Vai ampliar seu leque de opções no trabalho, nas interações. Quando as oportunidades surgirem estará preparado para aproveitá-las.

E lembre-se:

Ria mais!

Foque a luz da sua atenção na alegria, no lado bom e divertido dos acontecimentos.

A nossa natureza tende para o alerta, para o perigo, para o negativo, mas o aprendizado positivo – pelo sucesso – é mais fácil e, segundo pesquisas recentes, mais efetivo. O cérebro gosta mais de aprender com os acertos do que com os erros, mas como atentamos mais para as perdas, é preciso praticar, jogar continuamente o nosso foco nas coisas positivas, nas oportunidades, nas conquistas (por menores que possam parecer), no que está além do medo, além do esforço.

Pratique, pratique, pratique, até que se torne um hábito focar nas possibilidades, na metade cheia do copo.

Como aumentar o seu nível de felicidade? R.I.A.

Ninguém pode fazer isso por você. Não entregue a responsabilidade de controlar as suas emoções para outra pessoa. A sua felicidade pertence a você, se você não cultivá-la, ela não irá florescer.

Claro que se o dinheiro falta, se a saúde vacila, se o amor arma alguma cilada, seu desejo de rir será pouco. Mas combata a depressão. Cultive o bom humor, como quem cultiva um bom hábito. Esforce-se para ser alegre. Afaste os sentimentos mesquinhos que provocam o despeito, a inveja, o sentimento de fracasso, que são origem de infelicidade. Adote uma filosofia otimista, eduque-se para ser feliz.

Clarice Lispector

Quem sou!

Um ser que gosta muito do humano, que busca aprofundar conhecimentos em áreas estratégicas e que tem força para mexer com gente: Psicologia, Comunicação, Marketing, Coaching.

1 Comentário
  1. Redemann Noronha 1 ano atrás

    Parabéns Selma Rosana!!! Um excelente artigo!!! Direto e cheio de profundidade!!!

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?