Como manter baixa a sua Autoestima!

Como manter baixa a sua Autoestima!

Falar em autoestima é falar sobre Amor, mais especificamente amor-próprio. Autoestima elevada implica em ter afeição por si mesma(o), estar bem consigo mesma(o). Confiar no próprio modo de ser e de agir, valorizar-se, com o respeito que emerge da aceitação de que somos falíveis, mas mutáveis, podemos aprender e evoluir. Reconhecemos e guardamos com maior facilidade o que não nos agrada, o que não nos faz bem, por isso resolvi escrever exatamente sobre como trabalhar continuamente para manter a autoestima no negativo – está muito fácil atualmente – e se você quiser aumentar a sua, primeiro verifique se algo, ou alguma crença que indico no texto, diz respeito ao seu comportamento e, em seguida, decida se quer ou não continuar agindo assim, é sempre uma questão de escolha!

Ainda na cama, assim que acordar, sem se espreguiçar, pegue o celular e olhe o Insta, o Face, o WhatsApp, Twitter. Busque principalmente os posts de quem você mais tem inveja, ou de alguém que te interessa, mas que não demonstrou o mesmo interesse por você. Navegue por um bom tempo, desperdice mesmo o seu limitado tempo nas publicações supostamente felizes dessas pessoas, e acredite em tudo! Dê uma olhada no seu email também!

Em seguida, sem abrir as janelas, sem olhar para o céu, sem receber a luz natural do novo dia, dedique-se às suas tarefas matinais, de preferência no automático, isto é, sem prestar atenção, permita-se ruminar mentalmente aquelas imagens vistas ainda na cama. Se não tiver mais tempo, vai sem banho mesmo, vista uma roupa qualquer, calce um sapato que te machuque, alimente-se mal, descarregue um pouco do seu humor em seus familiares e saia. No carro, sintonize rádios de notícias, especialmente as mais violentas ou escute músicas que alimentem a sua insatisfação. Confira o tempo todo o seu celular para ver se tem alguma novidade. E não esqueça de publicar também!

Dica top:

Publicar reclamações colhe muitas curtidas e comiseração! Se alguém buzinar, responda com raiva porque você pode, afinal, quem presta atenção nesse trânsito horroroso?

Quando você chegar ao trabalho já vai estar no clima correto para confirmar com as suas ações o quanto você não tem valor, não sabe fazer nada direito, é limitado e vai ter que passar o dia disfarçando para que ninguém perceba. Isso, disfarçando! Se algo sair bom, foi por pura sorte, não por mérito, já que capacidade, você acredita não ter. Evite compartilhar ideias e ajudar os colegas.

Se souber algo, guarde para você, vai ajudar os concorrentes? Planos, foco, adotar um Checklist, nem tente, repita para você: você não é capaz, isso só funciona com os outros! E siga em frente… Finja ser o que não é! Muitos dizem que não sabem o que querem, mas quando perguntados sobre o que não querem respondem prontamente. Então, você não gosta de ser quem é > vai ter que fingir ser outra pessoa! Vai gastar muita energia, porque o nosso corpo reage, ele não gosta de fazer isso.

Coma muito para se fortalecer ou, se não quiser engordar, substitua suas refeições por indicações dos famosos, de revistas populares, sites, blogs que você segue. Não procure especialistas da área. Eles vão querer que você mude e você nasceu assim não foi? Provavelmente vai morrer assim! Não pratique nenhum exercício físico, você não tem tempo para curtir sua família, ou se arrumar direito, vai ter tempo para caminhadas, academia ou Yoga! Nem tente organizar sua agenda para isso, não vai funcionar, você acredita que não leva nada adiante lembra? Não dê atenção ao momento presente, em instante algum!

Fique sempre remoendo o que passou, o que você fez de errado, ou deveria ter feito certo. E tema o futuro! Nada de bom virá, dizem que a gente planta o que colhe, você não planta nada de bom, então fuja da realidade! Fique plugado o dia todo nas mídias sociais, noticiários, games, qualquer coisa que te tire do agora, do campo das possibilidades, onde tudo acontece.

Continuando…

Quando o dia terminar, depois que você se livrar das tarefas chatas do cotidiano, ligue a TV, celular do lado, notebook, tudo que te der acesso a outro mundo – já que o seu é muito ruim – não tente aprender com os resultados do dia, e comece a sofrer, porque afinal, amanhã será tudo igual.

E aí, algo te pareceu familiar? Em caso positivo, cabe a pergunta: Quer continuar alimentando a sua baixa autoestima?  Ou quer – e você pode sim, veio programado de fábrica para – mudar gradualmente isso? É uma questão de escolha: “Amar a ti mesmo!” Alguém muito sábio nos deixou esse ensinamento lembra? Decida-se! E, se precisar de apoio, contrate um Coach! 🙂


contato@coachselmarosana.com.br
Instagram: @CoachSelmaRosana
Facebook: Coach Selma Rosana

Quem sou!

Um ser que gosta muito do humano, que busca aprofundar conhecimentos em áreas estratégicas e que tem força para mexer com gente: Psicologia, Comunicação, Marketing, Coaching.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?